crianca capsula do tempo

O Congresso de Prefeitos 2019 envolveu atividade de alunos de escolas públicas municipais de todo o Estado, com idade entre 10 a 12 anos no projeto Cápsula do Tempo. Os estudantes escreveram cartas relatando como desejam Santa Catarina em 2030.

Durante o Congresso, o presidente da Federação Catarinense de Municípios (FECAM), prefeito de Tubarão, Joares Ponticelli, e a prefeita de São José, Adeliana Dal Pont, coordenaram o encapsulamento das cartas junto com os alunos. A FECAM, promotora do Congresso de Prefeitos, guardará as cartas que serão lidas apenas em 2030, ano em que a Federação completará seu cinquentenário.

Ao todo foram 1.300 cartas com a participação de estudantes de mais de 40 municípios catarinenses e de 80 escolas públicas municipais. A cápsula foi criada pelos próprios alunos, produzida em tonéis que receberam pintura artística dos alunos com símbolos que refletem os desejos, anseios e preocupações das crianças com o Estado.

A aluna Raissa Ávila, de 12 anos comentou sobre a troca de experiências e conhecimento que os alunos dividiram durante a produção da cápsula.

Em cada disciplina aprendemos mais sobre Santa Catarina, isso nos estimulou a produzir os desenhos que depois foram colocados ao redor da cápsula”, conta.

Raissa Ávila

Ao todo 22 alunos participaram da produção do material que ganhou vida nas mãos das crianças. “Sabíamos da importância que a cápsula tinha para tantas crianças, por isso tivemos cuidado para deixar ela bem bonita”, explica o estudante Marcelo Gabriel de Proença, de 12 anos.

Entre os anseios das crianças, levantados pelos professores, estão sustentabilidade, segurança, mais oportunidades, inclusão e paz. A professora de artes, Lucélia foi quem auxiliou os alunos na produção artística da cápsula e comenta sobre grande mobilização das crianças na produção.

Recebi o convite para auxiliar as crianças e foi gratificante ver a energia zelas nos encontros, foi maravilhoso. Inicialmente trabalhamos a parte de símbolos e teoria e depois reproduzimos todos os desenhos na cápsula”, comenta.

Lucélia

As mensagens que serão lidas daqui dez anos, refletem as preocupações que as crianças têm com o presente e futuro do Estado, desafiando os gestores atuais a promoverem mudanças. “Muito obrigada por nos desafiarem a trabalhar por uma Santa Catarina melhor”, finalizou Ponticelli no ato do armazenamento.

Por: Flavia Mota